sábado, outubro 01, 2005

Antígona - Prólogo

Antígona sofria a morte dos irmãos. Não lhe chegara aos ouvidos, ainda, a crueldade de Creonte. Já há tempos a conhecia, porém a tristeza dos mortos a aumentaria durante as infindas vinte e quatro horas. Rezara a Zeus, de nada adiantara, dois cadáveres se empilhavam no chão, o filho de Cronos preferira a companhia de Ares. Um duplo fratricídio, era o destino desta família matar os seus.

Rezara a Zeus, de nada adiantara, apenas, talvez, os havia igualado, tombaram ambos, ao mesmo tempo, um pela mão do outro. Isto aumentava consideravelmente a dor de Antígona. Ainda tinha Ismênia, mas não lhe servia de apoio, a dor só aumentava. A dor que permeava sua existência, a dor de seu pai, da tragédia de seu pai. Sofria a perda dos irmãos e sofria a maldição da família, sofreria ainda mais ao saber da ordem de Creonte? Sofria e maldizia as Parcas. Que tinham elas que tecer suas malhas tão desumanamente? Desgraçadas. Maldizia Ares, o impetuoso e vermelho Ares. Banhado em sangue e semeando guerras, que tinha ele que se banhar com o sangue de seus irmãos? Maldizia, em seu âmago, Atena. A sábia Palas não podia ter posto seu juízo entre os dois? Maldizia Febo, o grande sol, Apolo em sua carruagem de ouro fora quem havia começado tudo, punira Édipo por um crime que ele não tinha consciência de cometer, não o sabia, não tinha como saber. No turbilhão pereceram seu avô e sua avó que era também sua mãe, Jocasta, a esposa maldita de Édipo e de Laio. Que culpa tinham eles? Maldito Oráculo, e também Tirésias, sabia de tudo, talvez pudesse ter evitado. Que fosse para o Hades logo. Nunca trazia solução, sempre desgraça.
Sofria a morte de Polinices. Mas sofria Polinices mais do que sofria por Etéocles? Odiava Creonte e Polinices fora contra Creonte, fora contra sua tirania. Talvez pelo poder e não contra a tirania de Creonte, só contra Creonte. Antígona preferia pensar que não.
* Essa é uma idéia bizonha que eu tive....reescrever a Antígona de Sófocles, minha peça de teatro favorita. Porém eu achei melhor tentar fazer isso assim, em romance. Esse é o Prólogo e não sei se deu lá muito certo, mas se alguém ainda visita isso, comente por favor!!