terça-feira, setembro 28, 2010

Micro-resenhas - um panorama da (minha) semana de series (19-25/09)

Vou começar toda semana (tá bom!) a fazer um panorama das séries que assisto pela agenda americana (obviamente indo de avião para lá várias vezes por semana...). A saber, são elas: The Big Bang Theory, Grey's Anatomy, House, Bones, Glee (podem me zuar a vontade) e Dexter. Obviamente não sei se conseguirei manter esse número de series, já que pode faltar tempo e algumas delas podem ficar chatas e eu desistir antes (sim Glee, estou falando de VOCÊ). Chuck, como vocês já viram, eu resenharei separadamente (sem nenhum motivo melhor do que um Porque sim) e pretendo seguir isso com Dexter também, então segue uma breve análise das outras:


Bones episódio 6X01



Um recomeço, é isso que esse season premiere propõe. Claro que o espectador pode contestar a necessidade de ocorrerem mudanças no season finale da temporada passada pra começo de conversa. Eu entendi o que foi proposto, mas concordo que pode ser muito confuso. 

De todo modo, o episódio manteve o excelente momento que a serie passava no final da temporada anterior, tirando um pouco o foco do caso da semana - que foi solucionado com facilidade - e dando toda a atenção às ótimas personagens, o que foi um acerto. E se a eterna indeterminação entre Bones e Booth pode ser imensamente irritante por um lado, por outro não creio que a serie consiga funcionar com um romance assumido entre os dois (muito diferente de Chuck por exemplo), então acho que isso ainda vai durar muito...

cotação:  


The Big Bang Theory episódio 4X01



Outra serie que vinha em uma ótima temporada e que manteve o bom nível no começo dessa nova temporada. O início do episódio foi sensacional, bem como a relação entre Sheldon, sua 'namorada' e Penny, que foi hilariante. Claro que a serie pode mais que isso, mas para um season premiere, foi de ótimo tamanho.

cotação:  


House episódio 7X01



Falemos a verdade, a 6ª temporada de House foi pavorosa. A serie já vinha em um incrível declínio desde a inexplicável 4ª temporada, parecia ter se recuperado um pouco na 5ª, mas caiu horrivelmente na 6ª. Você vai me dizer, mas e o 1º episódio da 6ª? Era genial! Realmente, a temporada teve esse e mais uns 3 episódios sensacionais, mas é pouco para uma temporada de 24 episódios, não é? De qualquer forma, o final da temporada passada tinha criado um belo gancho para essa e vemos que a história foi retomada exatamente da onde parou.

Assim como Bones, nesse episódio de House o caso da semana foi completamente deixado de lado, focando as personagens, o que funcionou muito bem. Mas acho que será muito prejudicial para o desenvolvimento da temporada, caso continuem com esse enfoque. Por que? Oras, porque desde que a serie deixou de focar os casos e passou a focar as personagens a serie deixou o nível de excelência que tinha. Uma pena.
            
cotação:   



Grey's Anatomy 7X01



Seguindo a trajetória oposta de House, Grey's começou como uma serie mequetrefe e se transformou ao longo das temporadas em um dos melhores dramas da TV. A temporada passada foi na minha opinião a melhor de todas, emocional e - aproveitando o maravilhoso elenco - focando completamente as personagens, coisa que Shonda Rhimes (a criadora) faz com maestria.

Esse season premiere foi ótimo, voltou no mesmo nível do final histórico da última temporada. As conseqüências dos fatos do season finale foram muito bem trabalhadas, soando de fato verdadeiras. Os destaques mais uma vez ficaram para as sensacionais Sandra Oh e Chandra Wilson e nem as malditas narrações em off de Ellen Pompeo prejudicaram o episódio.

PS: Alex é um personagem de merda. Pronto falei. É incompreensível o motivo da serie ter se livrado de T.R. Knight, que fazia o melhor personagem masculino da serie, O'Malley, para focar em um ator inexpressivo... na verdade faz tanto sentido quanto Elen Pompeo ser a protagonista...

cotação:   



Glee episódio 2X01



Glee é uma das series mais curiosas que existem. Coleciona tanto fãs incondicionais, quanto detratores raivosos. Não acho que sejam esses os caminhos... a verdade é que a serie é boa, mas poderia ser muito, MUITO melhor.

A 1ª temporada foi dividida em 2 arcos e o primeiro deles, que ia até o 13º episódio foi bom, tendo inclusive um episódio sensacional, o próprio 13º. Depois disso a serie caiu em um limbo, se preocupando mais em fazer video clipes do que em contar uma estória.

A 2ª temporada voltou promentendo tirar mais do incrível potencial da serie do que haviam feito na primeira. E não foi exatamente o que aconteceu. O começo do episódio foi ótimo, com um humor non sense e absurdo, que deveria ser o foco da serie, depois caiu e cometeu os mesmos erros de sempre com músicas mal colocadas e roteiro de menos. Voltou no nível da 1ª metade da 1ª temporada, mas não deixa de ser decepcionante.

PS: Continua a irritante mania de produzir demais as músicas. Ora, se as personagens estão cantando em cenas reais (e não em sonhos), não faz sentido algum aparecerem backing vocals, ou efeitos de voz.

              
cotação:   

3 comentários:

Ocelot disse...

Me divirto muito com House, cara. É uma das minhas séries preferidas. Mas tenho que concordar, desde a 4ª temp. não foi como era antes.

Mas mesmo assim, não deixou de ser boa. Continuo otimista com a série.

Arthur Malaspina disse...

Eu gostei mais do 2º episódio, não foi nada espetacular, mas foi melhor que esse, depois resenho ele aqui;

Matheus P disse...

Pow, Arthur, sou o SenhorX lá do FARRA (o "Matheus" do blog Melhor Que TV) e lembro de você sim, rapaz! Quanto a parceria, só se for AGORA! Me manda o banner que eu adiciono ainda hoje.

Qualquer coisa, me manda um e-mail (matheus.zuti@gmail.com) ou deixa um comentário lá.

Abraço!