terça-feira, abril 09, 2013

O escritor e a musa




"Seria mais fácil se nossa historia tivesse um começo, meio e fim." Era esse pensamento que atormentava sua alma, ele queria saber como seria o seu gosto, pois ainda estavam vivas as lembranças do seu cheiro.

''Seria tão bom seu gosto, como é seu cheiro?'' - questionava o escritor. E assim seguiu sua vida, sempre com essa dúvida. Ele amava, odiava, eternizava em seus textos tudo que sentiu, tudo que viveu e principalmente não viveu.

E assim a vida seguiu... O escritor esqueceu da sua musa, e a musa virou escritora. Agora era a vez dela escrever a historia sem fim.

______________________________________________________

Depois de uma semana de pausa pra comemorar seu aniversário (semana está onde eu postei este texto que ela deu a ideia), a Daniela Matono volta a publicar no meu blog, outro pequeno conto. Espero que gostem.

Nenhum comentário: