quarta-feira, maio 08, 2013

O tempo


"When I do count the clock that tells the time"
Soneto XII William Shakespeare


Eu vejo o arrastar do tempo,
areias caem e caem,
e nada, nada acontece.

Eu sinto o passar das horas,
as coisas mudam mas não
mudam realmente, nunca.

Eu vivo o meu tempo agora,
não há nada a se viver
depois...

Pouca coisa há a se
viver, pequenos momentos
brev...

Acabaram, morreram
aqui....

Ah! O tempo esse calhorda!

Nenhum comentário: