quinta-feira, março 27, 2014

Ela




Lá estava ela, imóvel, naquele mesmo lugar. Passei por ela olhando fixamente, como se ela fosse sair me atacando a qualquer momento. Tudo que fazia, qualquer coisa que eu pegava: era um segundo fazendo outra coisa e voltava para ela. E ela lá, imóvel , naquele mesmo lugar. Os dias foram passando e a cena se repetia. As vezes eu esquecia, míseros segundos de esquecimento, mas logo lembrava e aquela sensação também voltava... Os dias foram passando e um dia ela se foi. Fiquei aliviada, mas sabia que toda aquela historia voltaria, não exatamente o mesmo ‘’ela’’. Mas o mesmo corpo enegrecido e imóvel. Um calafrio só de pensar nisso.

_____________________________________

Depois de algumas semanas de ausência a Daniela retorna ao blog com um curto mas divertido texto, espero que gostem!

Nenhum comentário: